• Português
  • English
  • notícias

    Será o fim dos cabelos brancos?

    Será o fim dos cabelos brancos?
     
    Símbolo da velhice para alguns, verdadeira arma de sedução para outros, marca de elegância ou desleixo, os cabelos grisalhos também dividem opiniões quanto ao surgimento. Alguns acusam o stress, o consumo de álcool e tabaco, uma forte exposição ao sol ou ainda uma falta de vitaminas. Mas uma coisa é certa: os cabelos brancos vêm para todos.

    Segundo um estudo publicado nesta terça-feira (01-03), na revista Nature Communications, o gene IRF4 é o grande responsável pelo  embranquecimento dos cabelos. Sendo assim, os cabelos grisalhos não são apenas motivados pelo passar do tempo, mas também por uma herança genética. O gene IRF4 já era conhecido dos pesquisadores por sua implicação na produção e armazenagem da melanina, o pigmento que determina a cor dos cabelos, da pele e dos olhos.

    Para encontrar esse gene, uma equipe de pesquisadores internacionais estudou o DNA de mais de 6.000 pessoas que vivem na América Latina e têm diferentes origens – e, portanto, cabelos bem variados. A idade média do surgimento dos cabelos brancos está por volta dos 35 anos para os caucasianos, um pouco antes dos quarenta para os asiáticos e apenas por volta dos 45 anos para as pessoas de origem africana.

    Os pesquisadores entendem que a edição dos genes recai sobre questões éticas, mas podemos  vislumbrar a manipulação do IRF4 para adiar o envelhecimento capilar.

    Deixe seu comentário