• Português
  • English
  • notícias

    Tratamentos para queda de cabelos e calvície incluem MMP e LED

    A queda excessiva de cabelos pode acometer tanto homens quanto mulheres, afetando bastante a autoestima. O problema pode ser causado por diversos fatores, que vão desde deficiências nutricionais e questões emocionais até disfunções hormonais e herança genética. Por isso, é fundamental consultar o médico dermatologista, que investiga as causas antes de definir o tratamento correto.

    Na medicina, a queda de cabelos é chamada de alopecia. Os tipos mais comuns da doença são a alopecia areata, que é uma inflamação crônica dos folículos pilosos (a pessoa perde os fios em tufos, ficando com falhas visíveis), e a alopecia androgenética, determinada geneticamente e por fatores hormonais, popularmente conhecida como calvície.

    “Existem medicamentos tópicos, na forma de loções e xampus, para tratar a calvície, mas atualmente a tecnologia nos dá opções seguras que, na maioria dos casos, são mais eficazes”, explica a doutora Natalia Cymrot, médica dermatologista que atende na região da Pompeia, na capital paulista. “É natural uma pessoa perder até 100 fios por dia, então nem toda queda de cabelo configura alopecia. Muitas vezes, o ajuste dos produtos usados na higienização e algumas mudanças de hábito, como evitar banhos muitos quentes, são o que basta para equilibrar a oleosidade e, assim, reduzir a queda. Porém, quando a perda de fios é excessiva, configura-se algum tipo de alopecia. Aí, alguns procedimentos podem retardar o problema e até promover melhorias”, explica, lembrando que é necessário fazer exames diagnósticos para determinar o tipo de problema.

    Alguns dos tratamentos mais eficazes para calvície e outros tipos de queda de cabelos são:
    √ Microinfusão de medicamentos na pele (MMP): um aparelho com microagulhas aplica no couro cabeludo fatores de crescimento, vitaminas, minoxidil, finasteride e outras substâncias que estimulam o crescimento dos fios e diminuem a queda.
    √ LED: fototerapia que promove bioestimulação do metabolismo celular, resultando em fios mais fortes e bem-nutridos. O tratamento com LED é indicado tanto para reduzir a queda quanto para melhorar o crescimento dos cabelos.
    √ Laser: o laser Erbio, exclusivo da tecnologia Fotona, que estimula a circulação sanguínea e fortalece os fios.

    Dependendo do caso, pode ser recomendada uma combinação de dois ou mais tratamentos. A estratégia correta previne a queda e deixa os cabelos mais fortes, podendo até preencher falhas.

    Deixe seu comentário