• Português
  • English
  • notícias

    Porque a mulher adulta tem acne?

    A acne nos adultos ocorre em aproximadamente 13% dos indivíduos, entre 25 e 50 anos e é mais comum nas mulheres. Na maioria dos casos (80%) é uma persistência da acne que se iniciou na adolescência, mas em alguns casos pode se iniciar na idade adulta mesmo. Neste caso, pode ser mais frequente ao redor da boca e piorar na época pré – menstrual, além de ser resistente ao tratamento, podendo deixar cicatrizes; ou pode ser esporádica e em qualquer localização. Podem predominar somente cravos, chamados de comedões, nas pessoas com pele muito oleosa, ou haver também espinhas.

    Esse tipo de acne é causada por fatores genéticos e hormonais, mas também pode se acentuar com o uso de certos cosméticos, medicamentos, exposição solar e tabagismo. Costuma ser muito freqüente a piora no período peri-menstrual.

    Esse tipo de acne pode ser causada por uma alteração na resposta da pele aos hormônios, mesmo que estes estejam em níveis normais ou até mesmo por uma alteração da defesa da pele á uma bactéria que vive normalmente na pele, chamada Propinebacterium acnes, e que provoca inflamação crônica nas glândulas sebáceas e aparecimento de espinhas.

    Para tratar este tipo de acne, é importante avaliar se a pessoa tem algum distúrbio hormonal, e se houver, tratá-lo. O distúrbio hormonal mais comum é a síndrome dos ovários policísticos.

    Se não houver algum distúrbio específico, o tratamento deve ser feito com medicamentos chamados “anti-androgênicos”, geralmente em forma de pílulas anticoncepcionais ou uma substância chamada metformina. Podem-se associar medicações de uso local, limpeza de pele e até a isotretinoína por via oral, em alguns casos.
    Deve-se evitar o uso de substâncias oleosas na pele, que ocluam os poros e piorem a acne, como maquiagens, cremes e óleos. Os pacientes com oleosidade e acne devem sempre usar produtos orientados pelo dermatologista.

    Postado por:Admin Categoria: Dicas e Cuidados,Fica a Dica,Notícias,Saúde

    Deixe seu comentário