• Português
  • English
  • notícias

    Dossiê Estrias: prepare-se para o verão

    Dossiê Estrias: prepare-se para o verão
     
    O que são estrias?

    Estrias são marcas alongadas que aparecem na pele pela ruptura das fibras elásticas e colágenas.  Podem ser atróficas, ou seja, ter a pele mais fina que a pele. Quando são recentes, são avermelhadas e mais “inchadas” pois tem inflamação. Quando são mais antigas, já são mais esbranquiçadas. Em pessoas morenas podem ser mais escuras que a pele ao redor. Aparecem em regiões onde ocorre maior distensão da pele, pois o estiramento é a principal causa de seu aparecimento.

     
    Quais suas causas?
    As estrias aparecem mais comumente após o quinto mês de gestação, principalmente em gestantes jovens, nas áreas onde a pele estica mais, ou seja, abdome, flancos, mamas, quadris, coxas, principalmente em gestações gemelares ou quando há excesso de ganho de peso pela gestante.  Pessoas que ganham peso rápido demais, ás vezes desenvolvem estrias também nestes locais. Mulheres podem ter estrias nas mamas após a colocação de próteses mamárias, que fazem a pele esticar.
     
    Adolescentes também podem ter estrias, pelo crescimento rápido, nos braços, coxas, parte mais baixa das costas, por exemplo.
     
    Existe uma causa medicamentosa para a ocorrência das estrias, que é o uso de corticoides orais ou topicamente na pele, por um prazo prolongado. Neste caso as estrias podem ser mais largas e evidentes.
     
    Nos homens, a musculação excessiva e o uso de anabolizantes pode gerar estrias, nos ombros, costas, braços, coxas.

     
    Quando é necessário procurar ajuda médica?
    Quando as estrias estão recentes, ainda avermelhadas, é necessário procurar logo a ajuda médica, pois nesta fase a resposta ao tratamento é mais rápida e melhor, em comparação com estrias já mais antigas e esbranquiçadas. As complicações relacionadas às estrias são apenas estéticas.

     
    Como é feito tratamento?
    O tratamento pode ser feito através do uso de cremes à base de ácido retinóico para uso diário, ou mesmo peelings do mesmo produto, em aproximadamente 10 sessões semanais. O laser de CO2 fracionado, Erbium, Dye laser e a luz pulsada de alta energia, são muito úteis e mostram bons resultados também. Em peles mais morenas, o microagulhamento pode ser mais seguro, por ter menor chance de escurecimento da pele após o tratamento e é eficiente também. Subcision é outra técnica, cirúrgica, possível na melhora das estrias.
     
    Estrias muito atróficas, podem ser preenchidas com ácido hialurônico.

     
    Existe “cura” para as estrias?
    Não existe promessa de cura, isso porque a melhora no aspecto das estrias depende muito de como o organismo da pessoa vai reagir ao tratamento, e produzir colágeno e elastina. Normalmente há melhora grande, principalmente se o tratamento é precoce, na fase em que as estrias ainda são vermelhas.

     
    Sobre os produtos com esse fim, é possível confiar? O que saber sobre eles?
    O melhor produto em creme para o tratamento das estrias é o ácido retinóico. A vitamina C e o ácido glicólico podem ser úteis também. Geralmente de deve combinar estes produtos com procedimentos a laser ou microagulhamento para obtermos melhores resultados.

     
    As estrias estão associadas a problemas de saúde? Quais?
    Normalmente estão associadas não a problemas de saúde, mas ao tratamento de problemas de saúde com corticosteroides de uso sistêmico ou local.

    Postado por:Admin Categoria: Estética e Beleza,Notícias

    Deixe seu comentário