• Português
  • English
  • notícias

    Dermatologia Pediátrica: por dentro dos principais problemas de pele nas crianças

    Dermatologia Pediátrica: por dentro dos principais problemas de pele nas crianças

    A Dermatologia Pediátrica é um importante campo de atuação médica que visa a garantir a saúde da pele de bebês, crianças e adolescentes. Recomenda-se que o médico dermatologista seja consultado sempre que a criança for acometida por sintomas na pele, nos cabelos ou nas unhas, pois esse especialista é o mais qualificado para diagnosticar e tratar doenças dermatológicas.

    A clínica Dermacenter está comprometida com as melhores práticas da Dermatologia voltadas a esses pacientes tão especiais. Por isso, montamos um breve guia das principais doenças dermatológicas nessa etapa da vida, a fim de ajudar os pais e responsáveis a cuidarem plenamente da saúde dos pequenos. Confira.

    Acne

    O que é – A acne é uma doença que envolve as glândulas sebáceas e os folículos pilosos. É muito comum em adolescentes e pode afetar a autoestima e causar cicatrizes. Por isso, é importante consultar o dermatologista, que indicará tratamentos seguros e eficazes para essa faixa etária.

    Prevenção – A higienização correta da pele, com sabonete específico e, idealmente, duas vezes ao dia, é muito importante para evitar a obstrução dos poros. Limpezas de pele profissionais também ajudam a prevenir a formação de espinhas, além de melhorarem o aspecto causado por cravos. Loções tônicas e cremes hidratantes sem óleo também são recomendados. Uma dieta pobre em gordura e açúcar pode ajudar.

    Tratamento – Evite pomadas e cosméticos de venda livre. O ideal é consultar o médico dermatologista, que irá recomendar o melhor tratamento para cada caso. O tratamento pode incluir medicamentos de uso tópico ou oral (isotretinoína), peelings químicos e procedimentos a laser.

    Alergia

    O que é – Alergia é um termo genérico que se dá a situações em que o organismo reage anormalmente a um agente externo. Diversos problemas de pele estão relacionados à alergia. Segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), “a pele das crianças tende a ser mais fina e porosa do que a dos adultos, por isso absorve mais os produtos e tem maior risco de apresentar reações alérgicas graves em contato com algumas substâncias químicas”. Entre os sintomas mais comuns, estão coceira, vermelhidão, eczema (que provoca lesões como bolhas e crostas) e descamação.

    Prevenção – É importante não expor as crianças a cosméticos e produtos de higiene direcionados ao público adulto, como maquiagens, perfumes, cremes, sabonetes e xampus. E vale ressaltar: produtos de limpeza devem ficar longe do alcance de crianças.

    Tratamento – O controle de alergia pode ser feito com medicamentos tópicos e orais. É muito importante tentar identificar a causa da alergia e evitar o contato.

    Dermatite Atópica

    O que é – Doença genética e crônica, a dermatite atópica não tem cura, mas pode e deve ser controlada. Os principais sintomas são ressecamento, coceira e lesões na pele. É comum que pacientes com dermatite atópica também apresentem quadros de alergia respiratória (rinite, asma) e ocular (coceira nos olhos e conjuntivite alérgica).

    Controle – A principal forma de controlar a dermatite atópica é estabelecer uma rotina de hidratação e evitar agentes externos desencadeantes das crises.

    Tratamento – Em crises, podem ser aplicados medicamentos tópicos e orais para controle da coceira e da alergia. A fototerapia também pode ser usada como tratamento coadjuvante.

    Dermatite Seborreica

    O que é – Doença crônica e não contagiosa, é a dermatite seborreica é uma inflamação na pele que causa descamação e vermelhidão em algumas áreas da face, como sobrancelhas e cantos do nariz, couro cabeludo e orelhas. É muito comum em bebês e em adolescentes, por fatores hormonais.

    Prevenção – Banhos muito quentes são contraindicados.

    Tratamento – O controle da doença costuma ser feito com o uso de cremes ou pomadas, que podem conter antifúngicos e corticosteroides.

    Doença Mão-Pé-Boca

    O que é – Causada pelo vírus coxsackie, a doença se manifesta inicialmente com aftas na boca e coceira, e vermelhidão nas mãos e nos pés. Com a evolução do quadro, formam-se bolhas e lesões. Altamente contagiosa, sua transmissão se dá pelo contato com o vírus.

    Prevenção – A boa higiene das mãos é essencial, assim como evitar compartilhar copos, talheres e outros objetos pessoais.

    Tratamento – O próprio corpo se encarrega de eliminar o vírus, mas medicamentos podem ser utilizados para controle da febre e da inflamação. Antivirais são indicados nos casos mais graves.

    Impetigo

    O que é – O impetigo é uma doença comum em crianças, causada por bactéria e muito contagiosa. Normalmente, os sintomas se manifestam na face e nas extremidades: bolhas ou crostas amareladas. Quedas no sistema imunológico, ferimentos superficiais na pele e doenças dermatológicas pré-existentes, como a dermatite atópica, podem ser gatilhos para o impetigo.
    Prevenção – Lavar machucados com água e sabonete neutro pode evitar a infecção, assim como fazer o controle de doenças de pele. É recomendado ficar mais atento durante o verão, quando o calor e umidade favorecem infecções na pele. Não compartilhar roupas de banho, cama e corpo e outros objetos pessoais com quem está com a doença.
    Tratamento – A higienização e a aplicação de pomadas costumam ser suficientes, mas antibióticos orais também podem ser necessários.

    Micose

    O que é – Os fungos são os grandes vilões neste caso, podendo afetar tanto a pele quanto as unhas e os cabelos. Existem vários tipos de micose. Alguns exemplos: onicomicose (fungos nas unhas), frieira (dedos dos pés), pitiríase versicolor (também chamada de pano branco).

    Prevenção – A principal prevenção é fazer a higiene adequadamente, inclusive prestando atenção se a criança ou adolescente está se enxugando corretamente após o banho.

    Tratamento – Pode envolver o uso de medicamentos orais ou tópicos e, em alguns casos, o tratamento a laser é recomendado. O tratamento pode ser demorado, mas é importante segui-lo à risca até o final.

    Molusco Contagioso

    O que é – Causado por vírus, o molusco ocasiona pápulas da cor da pele, que podem facilmente ser confundidas com verrugas.

    Prevenção – Como a transmissão é feita pelo contato com as lesões, é importante evitar o compartilhamento de toalhas, roupas e outros objetos pessoais com quem está com a doença.

    Tratamento – O tratamento é feito com medicamentos específicos e, em alguns casos, é necessário remover as lesões.

    Pediculose

    O que é – A infestação por piolhos também é uma doença dermatológica. Causada por insetos parasitas, é um problema comum entre crianças em idade escolar.

    Prevenção – A prevenção deve ser feita continuamente, evitando o compartilhamento de escolas, pentes, bonés e acessórios de cabelo. Caso a criança comece a coçar muito a cabeça, os pais e responsáveis devem inspecioná-la com o auxílio de um pente fino.

    Tratamento – Em caso de infestação, é importante seguir as recomendações do médico dermatologista, que podem envolver o uso de medicamentos tópicos ou orais, a fim de evitar o agravamento ou a reinfestação. Também é necessário remover todas as lêndeas (pontinhos brancos ou castanhos que ficam “grudados” nos fios de cabelo).

    Sarna

    O que é – A sarna, ou escabiose humana, é causada pelo ácaro Sarcoptes scabiei. Os principais sintomas são manchas e linhas avermelhadas ou bolhas na pele, principalmente nos vãos dos dedos, no punho, nas axilas, nos cotovelos e no bumbum. Os pacientes sentem muita coceira nos locais das lesões.

    Prevenção – Evitar contato com a pele de pessoas afetadas, bem como o compartilhamento de roupas, toalhas e lençóis. Caso haja alguém na casa com escabiose, é aconselhável lavar as roupas de cama e de banho e passar a ferro.

    Tratamento – O tratamento é feito com cremes que matam os ácaros ou medicamentos orais. É importante seguir o plano de tratamento indicado pelo dermatologista, respeitando a duração para evitar a reincidência.

    Verruga

    O que é – As verrugas são causadas pelo vírus HPV e são relativamente comuns em crianças, principalmente nas mãos (embora possam surgir em qualquer parte do corpo). Existem diversos tipos de verrugas, como as vulgares, as planas, as plantares (olho de peixe) e as genitais.

    Prevenção – Evitar contato com áreas infectadas, bem como o compartilhamento de objetos de uso pessoal.

    Tratamento – Depende do tipo de verruga. O médico dermatologista pode indicar a remoção das verrugas, que pode ser realizada cirurgicamente, com ácidos ou por crioterapia (congelamento com nitrogênio líquido). Tratamentos a laser ou medicamentos tópicos são outra opção de tratamento.

    Outras doenças que causam sintomas na pela

    Além das doenças dermatológicas propriamente ditas, existem outras condições que apresentam sintomas na pele e que costumam acometer as crianças. Entre elas, destacam-se sarampo, rubéola e catapora (ou varicela). A principal forma de prevenção para essas doenças é a vacina.

    Deixe seu comentário