• Português
  • English
  • notícias

    O que são varizes e como tratá-las

    O que são varizes e como tratá-las
    Varizes são um problema muito comum: segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 30% da população mundial sofre desse problema, sendo que sete a cada dez pessoas com varizes são mulheres. Mas o que são varizes e qual é a melhor forma de tratá-las?
    Varizes são veias dilatadas e deformadas que se desenvolvem principalmente nos pés, nas pernas e nas coxas. As veias dos membros inferiores que reconduzem o sangue para o coração possuem válvulas para impedir que ele retorne para baixo; quando uma veia perde a elasticidade, ela se dilata e compromete o devido fechamento da válvula, fazendo com que o sangue fique parado. Esse sangue “empoçado” deforma a veia, dando origem à variz.
    Varizes podem se formar em veias superficiais ou mais profundas, apresentando diferentes graus de deformação, e costumam aparecer após os 30 anos de idade. Embora tenham forte fator genético, também são ocasionadas por obesidade, sedentarismo, tabagismo e outros fatores. Além disso, grávidas e pessoas que ficam muito tempo em pé também podem desenvolver varizes.
    Os principais sintomas de varizes são: queimação, inchaço e coceira na área acometida, e sensação de peso e fadiga nas pernas. Se não tratado da forma mais adequada, o problema pode gerar complicações, que, em casos mais severos, podem incluir dermatite, trombose, hemorragia ou úlcera.
    Embora a remoção cirúrgica de vasos comprometidos seja o tratamento mais popularmente conhecido, nem sempre ele é necessário. Existem outros tratamentos minimamente invasivos para varizes, todos bastante eficazes e que envolvem menos riscos. A indicação do melhor tratamento para cada caso depende de avaliação e diagnóstico feitos pelo médico.
    A Dermatologia oferece técnicas avançadas para o tratamento de varizes superficiais. Uma delas é a escleroterapia, em que um produto é injetado nas veias doentes de forma a necrosá-las; destruídas, essas veias param de conduzir sangue, eliminando os efeitos danosos da variz.
    Um método ainda menos invasivo é o tratamento a laser, que também destrói as veias varicosas sem retirá-las. O sistema de última geração Fotona é o que há de mais moderno nesse campo: uma fibra ótica finíssima direciona o laser, que atinge exclusivamente a veia doente. Graças a essa precisão, o desconforto causado pelo procedimento é mínimo, e a recuperação é muito mais rápida. Além de não deixar cicatrizes, a aparência da pele na área tratada tem uma melhora significativa.
    Para fazer uma avaliação profissional de suas varizes e saber mais sobre os tratamentos minimamente invasivos, agende uma consulta na clínica Natalia Cymrot Dermatologia, pelo telefone (11) 3871.5008.

    Deixe seu comentário