• Português
  • English
  • notícias

    Verrugas

    Verrugas são lesões de pele causados por vírus HPV (abreviatura de “human papilomavirus”). Elas podem surgir em pacientes de todas as idades e em qualquer parte do corpo, como mãos, pé, virilha ou rosto. Pode desaparecer sem tratamento específico, mas o ideal é tratar as lesões, que são contagiosas, para outras partes da própria pessoa e para outras pessoas.

    Pessoas imunologicamente deprimidas tem maior chance de ter verrugas, como pacientes com AIDS, transplantados que utilizam medicações imunossupressoras e aqueles que passam por quimioterapia. Mas, indivíduos com a imunidade normal podem também ter verrugas, e isso é bastante frequente.

     

    Os principais tipos de verrugas são:

     

    Verrugas vulgares: Possuem menos de 1 cm de diâmetro, são firmes e geralmente apresentam uma superfície rugosa. Podem ser arredondadas ou disformes e sua coloração pode ser da cor da pele, cinza, amarelada ou marrom.

     

    Verrugas planas: São róseas e macias e aparecem em grupos, mais frequentemente no rosto e tronco.

     

    Verrugas plantares: Aquelas que afetam os pés e são popularmente chamadas de “olho de peixe”. São parecidas com calos, pois costumam amarelas e possuem pontinhos pretos.

     

    Verruga filiforme: São finas e alongadas e surgem principalmente na face e pescoço de indivíduos idosos.

     

    Verruga genital: Aparecem na área íntima feminina ou masculina e podem aumentar o risco de desenvolvimento de câncer. São macias e de cor rosada.

     

    É muito importante tratar essas infecções porque alguns subtipos destes vírus podem levar ao aparecimento de câncer genital. Os subtipos não oncogênicos também precisam ser tratados porque todos são contagiosos.

     

    Transmissão

    A transmissão das verrugas dá-se pelo contato direto. As crianças são muito afetadas porque tendem a ficar mexendo nas verrugas. É importante esclarecer que os vírus presente nas verrugas só passam para outros indivíduos se eles encontrarem um local na pele para penetrar, como um arranhão, uma unha encravada, por exemplo.  Também pode ser adquirida em locais públicos, objetos contaminados, pisos de piscinas, vestiários, em casa, locais onde outras pessoas, que tem verrugas, tiveram contato.

     

    Como tratar?

    Existem diferentes tipos de tratamento disponíveis para a remoção de verrugas como: a crioterapia, que faz o congelamento da verruga usando nitrogênio líquido. Também é possível fazer a retirada cirúrgica da  verruga, a cauterização com ácido nítrico, punturas com bleomicina, usar laser ou medicações de uso local, à base de ácidos salicílico, láctico e retinóico. Verrugas genitais podem ser tratadas com substâncias químicas aplicadas localmente ou com creme de Imiquimod. Todas essas opções devem ser indicadas e acompanhadas pelo médico dermatologista.

    Postado por:Admin Categoria: Notícias

    Deixe seu comentário