fbpx

Micose de unha: como tratar?

Micose de unha: como tratar?

Micose de unha é comum e de difícil tratamento

Muitos pacientes chegam à clínica com queixa de micose e unha. É um problema comum e que demanda um longo tratamento.

A onicomicose se trata de uma infecção causada por fungos, os quais se alimentam da queratina, que é a proteína que forma a maior parte das unhas.

Ela é mais frequente nas unhas dos pés, porque é um ambiente mais úmido, escuro e quente, ideal para o desenvolvimento dos fungos.

Como identificar a micose de unha?

Quando uma unha é acometida por micose, ela tem sua aparência e estruturas alteradas.

Pode haver um descolamento da borda livre, a partir dos cantos, que é a forma mais frequente.

O espaço fica oco, podendo acumular restos de queratina, fungos e bactérias, quando não tratada. Além disso, a unha fica com o aspecto amarelado ou esbranquiçado.

Porém, vale lembrar que nem todo descolamento de unha significa que há micose. Um trauma, como uso de sapatos apertados, pode causar o descolamento da unha.

Outra característica de uma unha com micose é seu espessamento. As unhas ficam mais duras e grossas e isso pode causar desconforto e dor.

Tratamento da micose

Por ser uma infecção, a micose de unha deve ser tratada.

Além disso, ela é contagiosa e pode servir também como uma porta de entrada para outros microrganismos, como as bactérias, por exemplo, o que deixa a infecção ainda mais séria

Normalmente, o tratamento consiste no uso de remédios por via oral, bem como o uso de esmaltes, cremes e loções antifúngicas diretamente no local.

É um tratamento longo, que demanda disciplina e paciência, podendo durar de 6 meses a 1 ano, de acordo com o crescimento da unha.

E, por mais que a unha tenha melhorado seu aspecto, não interrompa o tratamento sem orientação médica, porque a infecção ainda pode estar presente e você verá o problema retornar.

Porém, eu tenho gostado demais de tratar a onicomicose com laser, porque ele aquece e mata o fungo mais rápido.

Além disso, a laserterapia também estimula a unha a crescer mais rápido. Aliás, você sabia que uma unha doente cresce mais devagar?

Por isso é importante cuidar da micose, não apenas pelas mudanças estéticas que ela promove nas unhas, mas, principalmente, por sua saúde.

Mas atenção: nunca se automedique, porque isso pode mascarar os sintomas.

O dermatologista é o profissional que pode diagnosticar o problema e orientar o melhor tratamento para cada caso.

Então se você estiver com esse problema ou se alguma de suas unhas está com um aspecto diferente do normal e você não sabe a razão, agende a sua consulta o quanto antes.

AGENDE AGORA UMA CONSULTA ONLINE, CLIQUE NO BOTÃO ABAIXO 

Abra o Chat
Ajuda
Quer agilizar o seu atendimento?
Powered by