fbpx

Vitiligo é uma doença que não tem cura, mas pode ser tratada

 

O vitiligo é uma doença autoimune, ou seja, o próprio organismo faz uma reação contra as células de pigmento e destrói os melanócitos, deixando uma mancha branca no local, uma pele sem pigmento.

A grande maioria dos casos são leves e não evoluem como, por exemplo, o caso do Michael Jackson, que é bastante emblemático e assusta muito as pessoas.

Como diagnosticar o vitiligo?

O exame clínico do especialista já pode diagnosticar a doença, mas também podemos utilizar uma luz ultravioleta especial, a lâmpada de wood, para nos ajudar a visualizar melhor essas manchas.

Às vezes pode ser necessário fazer uma biópsia para confirmar o diagnóstico, porque pode se confundir com algumas outras doenças.

Uma vez confirmado o diagnóstico é importante saber a velocidade de evolução do vitiligo e se está localizado ou muito extenso. É isso que vai nortear o tratamento.

Tratamentos para vitiligo

Em casos de vitiligo que estão evoluindo rápido, normalmente o tratamento é sistêmico, com uso de medicações por via oral.

Em casos de vitiligo mais lento, quando ele é localizado, às vezes só cremes ajudam bastante, mas podem ser utilizados a luz ultravioleta e até medicamentos orais, mas é mais raro.

Quando o vitiligo está estável há muito tempo, existem métodos cirúrgicos que tiram micro pedacinhos de pele de outras regiões e implantam nessas áreas de vitiligo, fazendo com que haja produção de pigmento nesta região.

Os lasers também podem ser aplicados, assim como o microagulhamento. Recentemente um colega de Recife publicou um estudo sobre isso, com bons resultados.

Quando o vitiligo está estável, mas é mais extenso, a fototerapia, ou seja, o banho de luz UVB é indicado. Fazer algumas sessões durante alguns meses ajuda bastante.

Além disso, medicações locais ou orais podem fazer parte do tratamento.

O rosto é uma área que responde muito bem a esses tratamentos, já as mãos e pés demoram mais a mostrar resultados.

Estão surgindo agora tratamentos novos, medicações sistêmicas orais e que têm ajudado na melhora do vitiligo.

Tem muitas possibilidades de tratamento. Não há cura definitiva para o vitiligo, mas é possível tratar a doença e reduzir as manchas.

Então se essa é uma preocupação sua, venha fazer uma avaliação.

AGENDE AGORA UMA CONSULTA ONLINE, CLIQUE NO BOTÃO ABAIXO 

Abra o Chat
Ajuda
Quer agilizar o seu atendimento?
Powered by