Hemangioma

atualizado em: 16/02/2024
Tempo de Leitura: 3 minutos
Sumário

Descubra mais sobre o hemangioma na pele infantil, uma condição comum e geralmente benigna. Desde suas causas até opções de tratamento, explore como essa condição afeta os pequenos. Entenda mais sobre esse assunto lendo o texto abaixo.

Hemangioma - imagem ilustrativa

Introdução

A pele é um órgão complexo, sendo a primeira linha de defesa contra infecções e fatores ambientais. Na infância, ela desempenha um papel crucial no desenvolvimento do sistema imunológico e na regulação térmica. O surgimento de condições dermatológicas como o hemangioma pode intrigar os pais, destacando a importância de compreender essa condição.

Neste artigo, vamos explorar o hemangioma, incluindo o que é, quando surge, quais sintomas pode gerar, como é feito o diagnóstico e quando é necessário realizar o tratamento. Leia até o final e saiba mais!

O que é o hemangioma? 

O hemangioma é um tumor benigno formado por vasos sanguíneos anormalmente proliferados. Acredita-se que fatores genéticos e hormonais possam contribuir para seu desenvolvimento. Essa condição geralmente se manifesta nas primeiras semanas ou meses de vida, surpreendendo muitos pais com a rápida mudança na aparência da pele do bebê.

O hemangioma gera algum sintoma? 

Em muitos casos, o hemangioma é assintomático, o que significa que não causa sintomas perceptíveis. No entanto, em algumas situações, especialmente quando o hemangioma é grande ou está localizado em áreas sensíveis, pode haver alguns sintomas associados. Esses sintomas podem incluir:

  • Inchaço ou Protuberância: O hemangioma pode levar ao aparecimento de uma protuberância ou inchaço na pele, o que pode ser notado pelos pais ou cuidadores. Se a lesão estiver próximo a orificios ou atrapalhando a visão, deve ser tratado precocemente. 
  • Desconforto ou Dor: Em alguns casos, especialmente se o hemangioma estiver em uma área propensa a atrito com roupas ou movimentos corporais, a criança pode sentir desconforto ou dor.
  • Sangramento se traumatizado
  • Ulceração: Em casos raros, o hemangioma pode ulcerar, formando uma ferida na superfície da pele. Isso pode aumentar a chance de infecções secundárias.

É importante observar qualquer mudança na aparência da pele da criança e relatar quaisquer sintomas ao médico. 

Como é realizado o diagnóstico do hemangioma?

O diagnóstico do hemangioma é frequentemente realizado clinicamente, com base na observação da aparência característica da lesão na pele. 

O hemangioma geralmente se apresenta como uma mancha plana ou elevada, de cor vermelha ou roxa. O tamanho e a localização do hemangioma são avaliados, pois isso pode influenciar a decisão sobre o manejo da condição.

Em alguns casos, especialmente quando o hemangioma está próximo a órgãos vitais ou há preocupações sobre a profundidade da lesão, o médico pode solicitar uma ultrassonografia. Esse exame permite visualizar as características do hemangioma abaixo da superfície da pele.

Em situações mais complexas, a Ressonância Magnética ou a Tomografia Computadorizada podem ser realizadas para fornecer informações mais detalhadas sobre o hemangioma e sua relação com estruturas adjacentes.

É necessário tratar o hemangioma?

A decisão de tratar um hemangioma depende de vários fatores, incluindo o tamanho, a localização, o crescimento rápido, a presença de sintomas e o impacto na qualidade de vida da criança. 

Muitos hemangiomas desaparecem espontaneamente ao longo do tempo, e o tratamento pode não ser necessário em casos mais simples. 

No entanto, em situações mais complexas ou se houver preocupações com complicações, várias opções de tratamento podem ser consideradas. Aqui estão algumas delas:

  • Terapia com Propranolol: O propranolol, um medicamento beta-bloqueador, tem sido usado com sucesso no tratamento de hemangiomas, especialmente aqueles que estão causando complicações significativas. 
  • Terapia a Laser: A terapia a laser é uma opção para alguns tipos de hemangiomas. O laser pode ser usado para ajudar a diminuir o tamanho da lesão.
  • Cirurgia: Em alguns casos, a cirurgia pode ser considerada para remover o hemangioma. Isso é geralmente reservado para situações em que o hemangioma está causando complicações significativas, como obstrução da visão, respiração ou alimentação.
  • Corticosteroides: Em alguns casos, especialmente quando o hemangioma é superficial, corticosteroides podem ser injetados diretamente na lesão para reduzir a inflamação e promover a regressão.

A escolha da opção de tratamento dependerá da avaliação cuidadosa de um dermatologista experiente em relação às características específicas do hemangioma e às necessidades individuais da criança. 

É importante envolver os pais no processo de tomada de decisões e fornecer informações detalhadas sobre os riscos e benefícios de cada opção de tratamento. 

O acompanhamento regular é essencial para avaliar a resposta ao tratamento e fazer ajustes conforme necessário.

Foto Dra Natalia
Dra. Natalia Cymrot
CRM: 84332-SP
RQE: 30628 - Dermatologia
Dra. Natalia Cymrot é dermatologista formada e pós graduada pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, com Título de Especialista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia.
Dra Natalia Cymrot

Acompanhe no Instagram

💕 Que o amor floresça ainda mais neste Dia dos Namorados! 

#namorados #diadosnamorados
💁🏻♀ As doenças capilares, como os diferentes tipos de alopecias, a dermatite seborreica, a psoríase capilar, e outras, podem causar um desconforto significativo. A tricologia, uma área especializada na dermatologia, é crucial para o diagnóstico e tratamento eficazes dessas condições. Entenda mais sobre esse assunto lendo o texto no blog!

Link está na descrição 👉 @nataliadermatologia

✅ Eu sou a Dra. Natalia Cymrot CRM 84.332, Dermatologista Clínica, Pediátrica, Cirúrgica, Laser e Estética, e vou explicar para vocês.

Para marcar consultas, entre em contato conosco pelo WhatsApp (link na descrição) ou 📞 (11) 99386-0675

Se esse conteúdo foi útil para você, deixe nos comentários! ⤵ E compartilhe o post em suas redes sociais.

#tricologia #doencacapilar #estetica #dermatologista #dermatologiaclinica #dermatología
➡ O vitiligo é uma condição dermatológica caracterizada pela perda de pigmentação da pele, resultando em manchas brancas irregulares devido à destruição ou redução das células produtoras de melanina.

No post de hoje, exploraremos as inovações e terapias promissoras que estão revolucionando o manejo dessa doença de pele.

Link está na descrição 👉 @nataliadermatologia

✅ Eu sou a Dra. Natalia Cymrot CRM 84.332, Dermatologista Clínica, Pediátrica, Cirúrgica, Laser e Estética, e vou explicar para vocês.

Para marcar consultas, entre em contato conosco pelo WhatsApp (link na descrição) ou 📞 (11) 99386-0675

Se esse conteúdo foi útil para você, deixe nos comentários! ⤵ E compartilhe o post em suas redes sociais.

#vitiligo #tratamento #doençasdermatológicas #estetica #dermatologista #dermatologiaclinica #dermatología
🥼 Neste vídeo, a Dra. Natalia Cymrot, Dermatologista, fala um pouco sobre a importância da escolha do médico que irá cuidar da sua saúde, pois tem crescido o número de complicação de procedimentos realizados por profissionais que não são médicos especialistas.

Para marcar consultas, entre em contato conosco pelo WhatsApp (link na descrição) ou 📞 (11) 99386-0675

Se esse conteúdo foi útil para você, deixe nos comentários! ⤵ E compartilhe o post em suas redes sociais.

#estetica #dermatologista #dermatologiaclinica #dermatología
O site https://nataliadermatologia.com.br/ visa melhorar o acesso aos pacientes à informação de qualidade sobre sua saúde, porém nada substitui uma avaliação completa, durante consulta médica e diagnóstico adequados.
Responsável técnico: Dra. Natalia Cymrot CRM: 84332-SP | RQE Nº : 30628 - Dermatologia
DIREITOS RESERVADOS NATALIA CYMROT - DESENVOLVIDO POR SURYAMKT
Entrar em contato via Whatsapp
Entrar em contato via Telefone
magnifiercross