Dermatite atópica: como identificar e tratar a doença?

atualizado em: 08/01/2024
Tempo de Leitura: 2 minutos
Sumário

Dermatite atópica afeta majoritariamente crianças

A dermatite atópica é uma doença inflamatória crônica que tem origem genética, mas que é piorada pelos fatores ambientais. 

Ela se manifesta principalmente na infância, já a partir dos 6 meses de idade até os 5 anos, mas também pode aparecer na adolescência e na fase adulta. 

Portanto, conheça melhor os sinais e sintomas dessa doença, que tem origem multifatorial e não é contagiosa, e saiba identificar seu aparecimento. 

Sintomas da dermatite atópica 

Os principais sintomas da dermatite atópica são: 

  • ressecamento da pele;
  • coceira;
  • inchaço na pele;
  • vermelhidão;
  • descamação da pele;
  • aparecimento de bolinhas;
  • formação de feridas;
  • alteração na cor de uma área da pele.

Estas lesões surgem principalmente nas mãos, cotovelos, parte de trás do joelho e tornozelos em indivíduos de qualquer idade. 

Também podem surgir lesões nas bochechas e junto às orelhas em bebês e no pescoço, mãos e pés no caso dos adultos. 

Assim, essa inflamação na pele que a dermatite atópica causa tende a aparecer em um período de crise e a desaparecer após alguns dias.

Como tratar? 

Decerto, o tratamento da dermatite atópica deve sempre ser indicado por dermatologistas, pois envolve o uso de medicamentos.

Primeiramente, é importante que aquelas pessoas que já foram diagnosticadas tenham alguns cuidados com sua pele, especialmente em tempos de crise, para reduzir a inflamação. Entre eles: 

  • não tomar banhos com água muito quente;
  • evitar tomar mais do que um banho por dia;
  • hidratar bastante a pele, de preferência com produtos sem cor, sem cheiro e à base de ureia;
  • ingerir bastante água ao longo do dia;
  • evitar alimentos com potencial alérgico, como camarão, amendoim e laticínios. 

Uma vez que o paciente está em crise, em geral, indicamos o uso de cremes ou pomadas corticoides, os quais devem ser aplicados duas vezes ao dia no local da lesão. 

Além disso, podemos prescrever medicamentos por via oral, a depender da gravidade do quadro, como antialérgicos e corticoides.

Dessa forma, conseguimos diminuir as crises de coceira e inflamações mais sérias.

Por fim, o medicamento imunobiológico dupilumabe, tem se mostrado muito efetivo no tratamento da dermatite atópica. 

Essa medicação já tem cerca de 10 anos de utilização e foi aprovada pelo FDA há 5 anos. 

Portanto, se você tem dermatite atópica grave ou tem lesões na pele que coçam, que incomodam e ainda não teve um diagnóstico, agende sua consulta. 

A dermatite atópica diminui muito a qualidade de vida das pessoas, por isso o tratamento é tão importante, pois confere uma melhora consistente dessa queixa. 

Foto Dra Natalia
Dra. Natalia Cymrot
CRM: 84332-SP
RQE: 30628 - Dermatologia
Dra. Natalia Cymrot é dermatologista formada e pós graduada pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, com Título de Especialista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Gostou? Compartilhe!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Dra Natalia Cymrot

Acompanhe no Instagram

💕 Que o amor floresça ainda mais neste Dia dos Namorados! 

#namorados #diadosnamorados
💁🏻♀ As doenças capilares, como os diferentes tipos de alopecias, a dermatite seborreica, a psoríase capilar, e outras, podem causar um desconforto significativo. A tricologia, uma área especializada na dermatologia, é crucial para o diagnóstico e tratamento eficazes dessas condições. Entenda mais sobre esse assunto lendo o texto no blog!

Link está na descrição 👉 @nataliadermatologia

✅ Eu sou a Dra. Natalia Cymrot CRM 84.332, Dermatologista Clínica, Pediátrica, Cirúrgica, Laser e Estética, e vou explicar para vocês.

Para marcar consultas, entre em contato conosco pelo WhatsApp (link na descrição) ou 📞 (11) 99386-0675

Se esse conteúdo foi útil para você, deixe nos comentários! ⤵ E compartilhe o post em suas redes sociais.

#tricologia #doencacapilar #estetica #dermatologista #dermatologiaclinica #dermatología
➡ O vitiligo é uma condição dermatológica caracterizada pela perda de pigmentação da pele, resultando em manchas brancas irregulares devido à destruição ou redução das células produtoras de melanina.

No post de hoje, exploraremos as inovações e terapias promissoras que estão revolucionando o manejo dessa doença de pele.

Link está na descrição 👉 @nataliadermatologia

✅ Eu sou a Dra. Natalia Cymrot CRM 84.332, Dermatologista Clínica, Pediátrica, Cirúrgica, Laser e Estética, e vou explicar para vocês.

Para marcar consultas, entre em contato conosco pelo WhatsApp (link na descrição) ou 📞 (11) 99386-0675

Se esse conteúdo foi útil para você, deixe nos comentários! ⤵ E compartilhe o post em suas redes sociais.

#vitiligo #tratamento #doençasdermatológicas #estetica #dermatologista #dermatologiaclinica #dermatología
🥼 Neste vídeo, a Dra. Natalia Cymrot, Dermatologista, fala um pouco sobre a importância da escolha do médico que irá cuidar da sua saúde, pois tem crescido o número de complicação de procedimentos realizados por profissionais que não são médicos especialistas.

Para marcar consultas, entre em contato conosco pelo WhatsApp (link na descrição) ou 📞 (11) 99386-0675

Se esse conteúdo foi útil para você, deixe nos comentários! ⤵ E compartilhe o post em suas redes sociais.

#estetica #dermatologista #dermatologiaclinica #dermatología
O site https://nataliadermatologia.com.br/ visa melhorar o acesso aos pacientes à informação de qualidade sobre sua saúde, porém nada substitui uma avaliação completa, durante consulta médica e diagnóstico adequados.
Responsável técnico: Dra. Natalia Cymrot CRM: 84332-SP | RQE Nº : 30628 - Dermatologia
DIREITOS RESERVADOS NATALIA CYMROT - DESENVOLVIDO POR SURYAMKT
Entrar em contato via Whatsapp
Entrar em contato via Telefone
magnifiercross