fbpx

No momento atual é preciso atenção para as prevenções da contaminação com a Covid-19, por isso vamos falar do que podemos evitar para nos mantermos seguros.

Você está pensando em ir ao salão de beleza? Muitas pessoas estão sentindo falta dos serviços de manicure e cabeleireiro por conta da quarentena.

Mas fique atento às maneiras de contaminação com a covid-19 que podem existir nessas atividades e que muitas vezes podem passar despercebidas.

 

  1. Fique atento para a esterilização dos objetos e a higienização das mãos
  2. Não compartilhe objetos pessoais como o esmalte
  3. Atenção para o uso de secador de cabelos no salão de beleza
  4.  

Assim como a Hepatite C pode ser transmitida pela manicure e pelo compartilhamento de esmaltes no salão de beleza, o mesmo se aplica ao novo coronavírus. Lembre-se de que a sua mão estará em contato direto e prolongado com outra pessoa, e não compartilhe cremes ou esmaltes. 

 

O novo coronavírus é resistente nas superfícies e por isso devemos higienizar constantemente objetos e até os móveis mais utilizados. 

 

A boa ventilação dos espaços é muito importante, já que as partículas contaminadas podem ficar no ar. O uso de máscaras é recomendado para evitar o contágio, mas você sabia que o secador de cabelos pode espalhar partículas virais no ambiente? 

Sim. Mesmo que a profissional cabeleireira não esteja doente, ela pode trazer o vírus da rua, de outras pessoas ou do transporte público. Com o uso do secador de cabelo, essas partículas se espalham, aumentando as chances de contaminação de ambas as pessoas envolvidas. 

 

Portanto, se mesmo assim você desejar ir até o seu salão de beleza, seja para fazer as unhas ou manter o corte ou a coloração do seu cabelo, fique atento. 

 

Cuidados que você pode estar fazendo errado

 

Agora que você já descobriu alguns cuidados novos, vamos ver se estava tendo os cuidados corretos até agora. 

 

Quais cuidados você estava tendo para evitar a contaminação com a Covid-19?

Muitas pessoas estão utilizando excessivamente o álcool nas mãos. Essas substâncias podem ressecar muito a pele e causar irritação, como a dermatite de contato. 

 

Neste caso, é preferível sempre lavar as mãos com água e sabão e passar o álcool em gel somente quando a primeiro opção é inviável. 

 

Você tem lavado as mãos com sabonete antisséptico?

 

O uso desses sabonetes antissépticos é quase uma pegadinha, não é recomendado. A explicação para isso é que esses sabonetes podem destruir as bactérias que habitam e protegem a sua pele. Consequentemente, a pele fica vulnerável à bactérias que podem ser mais nocivas à sua saúde. 

 

Se você tem alguma dúvida sobre cuidados com a saúde durante essa pandemia, comente aqui embaixo. Caso exista alguma irritação pela utilização excessiva de produtos na pele, procure um dermatologista pela telemedicina. 

 

Gostou dessas dicas? Se inscreva no nosso canal para assistir mais vídeos, siga nosso Instagram que podemos conversar por lá também. Para agendar a sua consulta, entre em contato

AGENDE AGORA UMA CONSULTA ONLINE, CLIQUE NO BOTÃO ABAIXO 

Abra o Chat
Ajuda
Quer agilizar o seu atendimento?
Powered by